• Ronaldo Faria Lima

Home office: o seu hardware


Photo by Markus Spiske from Pexels

Agora é hora de falarmos um pouco sobre tecnologia para que você consiga produtividade no seu home office. Neste primeiro artigo, vamos falar sobre o hardware, ou seja, o seu computador.


Notebook ou não notebook?


A primeira pergunta: você realmente precisa de um notebook? O que diferencia o notebook do desktop?


A principal diferença entre os dois tipos de computador é justamente a dimensão: os desktops são maiores e, portanto, permitem que o processador trabalhe com maior carga justamente por promover um melhor arrefecimento e usar uma fonte de energia com maior durabilidade de carga, ou seja, a rede elétrica. Os notebooks, por sua vez, precisam economizar energia por conta das baterias e, também, por conta da dissipação de calor que e bem mais complicada por conta das suas dimensões.


No entanto, a tecnologia avançou bastante nos últimos anos e a menos que você precise de uma aplicação gráfica pesada, como um CAD ou um sistema de renderização 3D como Unreal Engine ou After Effects, um notebook é mais do que o suficiente para o seu dia-a-dia. Já existem notebooks que suportam processamento gráfico pesado, mas ainda é mais vantajoso usar um desktop para estes tipos de aplicação.


No geral, um notebook é mais do que o suficiente para suprir as suas necessidades do dia-a-dia. Por ser um equipamento móvel, isso lhe dá o poder de mover-se dentro de casa. Por exemplo, quando o cômodo onde você está precisa ser limpo ou o seu filho precisa assistir àquela aula on-line da escola. Basta mudar-se de cômodo e o trabalho simplesmente continua fluindo.


Posso usar meu velho PC?


A resposta é um grande "depende". Normalmente, os computadores pessoais têm um ciclo de vida de, no máximo, 5 anos. Eu costumo trocar de equipamento a cada 2 ou 3 anos. A tecnologia muda, os sistemas tornam-se mais complexos e o hardware desgasta-se com o tempo. Quanto mais velho é o seu PC, mais caras são as peças de reposição, em particular os discos rígidos. E com o passar do tempo, o disco rígido pode se tornar um problema.


Os discos rígidos acabam sofrendo de um efeito chamado de histerese magnética. Com o passar do tempo, vão perdendo a capacidade de armazenar informações. Os SSDs também têm tempo de vida e com o tempo tendem a tornar-se inúteis, não sendo capazes de armazenar mais informações.


Assim, se você tem um PC mais antigo certifique-se de que o armazenamento é mais recente ou, caso não seja, providencie a troca, mas avaliando se o custo de upgrade ainda é vantajoso. Muitas vezes é mais barato comprar um um equipamento novo.


Por que falo do disco rígido? Por que é a primeira peça a pifar em qualquer PC. E como é um componente importante que armazena os seus dados, perder um HD pode significar perder todo o seu trabalho.


Backups


Fazer backup é algo muito fácil e, também, importante. O backup é uma cópia do seu trabalho, não necessariamente totalmente atualizada. Trata-se de um último recurso caso algo dê muito errado com o seu PC. Assim você não precisa sair do zero caso algo aconteça e você venha a perder os seus dados.


Hoje em dia um bom disco externo custa uma ninharia e é muito interessante ter um desses do seu lado para salvar seus dados de tempos em tempos. Se você salvar seus dados uma vez por semana já é o suficiente para poupar-lhe diversas dores-de-cabeça no caso de um mau funcionamento da unidade de armazenamento do seu PC.


Assim, crie uma rotina de backup: uma vez por semana você copia seus dados para o seu disco externo. Conecte-o sempre que precisar, mas evite deixá-lo sempre conectado. Por ser um equipamento de uso temporário, é importante respeitar esta característica para aumentar-lhe a durabilidade e confiabilidade.


Web Cam e Fones de Ouvido


Atualmente é importante ter uma web cam e um conjunto de fontes de ouvido com microfone para suportar as conferências on-line. Se optar por um notebook, a webcam já faz parte do pacote: hoje em dia a câmera é quase obrigatório em todo notebook. Com relação a um fone de ouvido, escolha um que tenha microfone embutido. Este tipo de fone de ouvido é chamado de Headset.


Existem diversas alternativas de headsets no mercado, variando de fones com fio a fones sem fio. Eu gosto de fones over-the-ear, aqueles com formato antigo que ficam por cima das orelhas. Mas você deve escolher aquele que melhor se adeque a você e que lhe dê conforto e tenha uma boa resposta de áudio. E aqui fica um alerta: aqueles fones de 15 reais não valem nada. É comprar e quebrar o fio. É melhor investir um pouco mais e comprar um que seja mais adequado e que tenha melhor qualidade de áudio, inclusive.


Não se apegue ao seu PC


Como última dica: não fique apegado ao seu PC. Se a idade dele já superou os 5 anos, considere, seriamente, adquirir um novo. O risco de algo parar de funcionar, como coolers e o armazenamento permanente, é alto demais para ficar apegado ao PC. O melhor, e menos arriscado, é trocar o equipamento por um mais recente justamente para reduzir o risco de perda de dados.


Se você parar para pensar friamente, o seu equipamento tem um valor muito menor do que a informação que está armazenada nele. Perder a informação custa muito mais caro do que comprar um notebook ou desktop novos.


Bom, é isso. Até a próxima!


7 visualizações

A EMPRESA

REDES SOCIAIS

  • Facebook Grood.me
  • Instagram Grood.me
  • YouTube Grood.me
  • LinkedIn Grood.me

Acelerados Pela Inovativa Brasil

Validados pelo programa

GroodMe-Logo_Programa_Startup_SP_Sebrae_

NOSSOS CONTATOS

Plataforma homologada pelo

CHICLETEMKT TECNOLOGIA E MARKETING LTDA   CNPJ: 21.922.069/0001-42   RIBEIRÃO PRETO - SP

O PRAZO MÉDIO DE ENTREGA VARIA DE 5 A 15 DIAS ÚTEIS PARA OS SERVIÇOS ADQUIRIDOS NA LOJA

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
  • LinkedIn
  • Pinterest
  • RSS ícone social